O príncipe Harry abriu o coração e falou sobre um dos momentos mais marcantes e difíceis da sua vida - o funeral da mãe, a princesa Diana, que morreu tragicamente num acidente de carro em agosto de 1997.

Na altura, o duque de Sussex e o irmão mais velho, o príncipe William, caminharam atrás do caixão de Lady Di. Note-se que Harry estava quase a fazer 13 anos na altura.

A acompanhá-lo esteve o avô, o príncipe Filipe, o tio (irmão de Diana) Charles, conde de Spencer, e o pai, o príncipe Carlos.

"Para mim, aquilo de que mais me lembro é o som dos cascos dos cavalos ao longo do caminho, a estrada vermelha. Mas nessa altura estávamos ambos em choque. Era como se estivesse fora do meu corpo", nota.

"Apenas estava a caminhar e a fazer aquilo que se esperava de mim, a mostrar um décimo da emoção que toda a gente estava a mostrar", completou.

Leia Também: Drogas, álcool e ataques de pânico. Harry fala sobre a morte de Diana

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.