A falta do príncipe Harry na cerimónia de homenagem ao avô, o príncipe Filipe, foi bastante sentida, não apenas pelos súbditos britânicos, como também pelos membros da família real.

Arthur Edwards, um dos mais conhecidos fotógrafos da realeza, abordou o assunto, tecendo comentários críticos ao duque de Sussex.

"Membros jovens e mais velhos da monarquia vieram de longe e dirigiram-se à Abadia de Westminster para prestar um tributo ao príncipe Filipe - exceto um. As desculpas do príncipe Harry para faltar à cerimónia do próprio avô por causa dos 'medos com a segurança', são, francamente, esfarrapadas", defende.

"Quer acompanhá-lo na caminhada atrás do caixão da mãe quando tinha 12 anos, ou dar-lhe apoio quando estava no exército no Afeganistão, o Filipe esteve lá sempre para ele. Infelizmente, escolheu ficar em casa", acrescenta, notando que Harry acabou com as possibilidades de corrigir a relação com a família real.

Leia Também: Rainha Isabel II recebe carrinho de golfe de luxo para se deslocar

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.