Gwen Stefani "descobriu" que tem dislexia depois de os seus filhos, Kingston, de 14 anos, Zuma, de 12, e Apollo, de seis, terem sido diagnosticados com distúrbio de aprendizagem.

A cantora, de 51 anos, só percebeu a extensão de suas próprias dificuldades quando todos os seus filhos manifestavam dificuldades de leitura.

"Uma coisa que descobri ao ter filhos é que tenho dislexia. E eu sinto que muitos dos problemas que tenho ou tive, ou mesmo as decisões que tomei para mim, derivam disso, porque agora os meus filhos - obviamente, é tudo genético - eles têm alguns desses problemas", conta a artista em conversa com Zane Lowe no Apple Music.

Gwen Stefani, de 51 anos, lembra o facto de ter tido problemas na escola devido à dislexia. Na época, a cantora achava que não conseguia enquadrar-se com o que era pedido e com os restantes colegas. Mais tarde, foi a falta de confiança provocada por este transtorno a afetar o seu início de carreira.

Porém, a artista não está preocupada com o facto de os seus filhos poderem passar pelo mesmo. Até porque, "eles têm professores e escolas incríveis e não precisam ter vergonha disso. Eles entendem que o seu cérebro funciona de uma maneira diferente".

Leia Também: Vocalista da banda Roupa Nova morre vítima de Covid-19

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.