Esta quarta-feira, dia 12 de maio, vários meios da imprensa internacional noticiaram a saída de um funcionário que trabalha para o príncipe William e Kate Middleton, nomeadamente o chefe executivo da Royal Foundation, Jason Knauf.

Este foi um colaborador particularmente marcante na história da realeza britânica uma vez que foi ele quem acusou Meghan Markle de fazer bullying quando ainda morava no Palácio de Kensington.

Conforme recorda o jornal britânico Daily Mail, Jason chegou mesmo a fazer uma queixa formal contra a mulher do príncipe Harry, levando a uma investigação por parte do palácio.

Na altura, Knauf revelou que Meghan tratou mal vários membros da sua equipa, o que fez com que dois se demitissem, segundo o The Times noticiou à época.

É ainda referido que Harry chegou a encontrar-se com Jason de forma a convencê-lo a não seguir com a queixa adiante.

Leia Também: William e Kate Middleton enfrentam mudança na sua equipa após sete anos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.