A tradição voltou a não ser aquilo que muitos dizem que é. Nos últimos anos, coincidência ou não, as vencedoras do Óscar de Melhor Atriz compareceram à cerimónia com modelos em tons de branco e nude. As exceções foram Meryl Streep em 2012, Juliane Moore em 2015, Brie Larson em 2016 e Frances McDormand em 2018. Ontem à noite, a protagonista de "Três cartazes à beira da estrada" subiu ao palco para receber o prémio com um vestido comprido preto e dourado.

A indumentária da atriz só foi vista quando, no decorrer da cerimónia, foi filmada pelas câmaras de televisão que faziam a cobertura do evento, uma vez que, ao contrário da maior parte das celebridades convidadas, Frances McDormand recusou desfilar pela passadeira vermelha, preferindo entrar no local do evento por uma entrada secundária. Estas foram as escolhas das distinguidas nos últimos anos.

2010

Em 2010, Sandra Bullock, premiada pelo filme "Um sonho possível", optou por um vestido de Marchesa em tons nude com a parte superior trabalhada a renda e bordados.

2011

Em 2011, grávida, a atriz Natalie Portman ganhou o Óscar de Melhor Atriz com a sua interpretação no filme "Cisne negro". Para a ocasião, optou por um vestido violeta, num tom intenso, da Rodarte.

2012

Em 2012, um vestido dourado de Lanvin foi a escolha da atriz Meryl Streep, distinguida pelo seu desempenho no filme "A dama de ferro", um drama que relata os últimos anos de vida da antiga primeira-ministra britânica  Margaret Thatcher. Um modelo elegante, com um decote discreto mas pronunciado, drapeado.

2013

Em 2013, o vestido branco que Jennifer Lawrence levou à cerimónia foi um dos mais comentados e elogiados da noite. Uma criação da Dior que assentou na perfeição à atriz de "Guia para um final feliz", que em 2016 volta a estar nomeada pela sua interpretação em "Joy".

2014

Em 2014, Armani Privé foi a escolha de Cate Blanchet, vencedora do troféu pela sua prestação na longa-metragem "Blue Jasmine". Na ocasião, a atriz (na imagem central) optou por um modelo claro, em tons nude, com transparências e aplicações. Um modelo que coordenou com um penteado com o cabelo solto, ligeiramente ondulado.

Cate

2015

Branco e preto foram as cores eleitas por Juliane Moore. Vestida com um vestido claro da Chanel, tendencialmente justo, com aplicações florais pretas no decote, na cintura e na base do vestido, a atriz desfilou pela passadeira vermelha descontraída e confiante. "O meu nome é Alice" é o nome do filme que lhe deu o prémio.

2016

Brie Larson, que viu o seu papel no filme "Quarto" distinguido, surgiu na passadeira vermelha com um vestido azul escuro da Gucci, uma criação do designer da marca Alessandro Michele.

2017

A tradição voltou a ser o que era. Emma Stone (na imagem inferior) cumpriu o que muitos jornalistas, analistas e bloguers já consideram uma profecia. A protagonista da comédia musical "La la land" subiu ao palco com um vestido comprido assinado por Riccardo Tisci para a Givenchy em tons de nude e champanhe com pormenores dourados.

Frances McDormand quebra tradição

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.