"Sempre fui uma pessoa que acreditou e acredita no amor", foi assim que Fátima Lopes começou um texto publicado este domingo no seu blogue, intitulado 'Simply Flow by Fátima Lopes'.

Em contagem decrescente para o Dia dos Namorados, a celebrar esta quarta-feira, a apresentadora da TVI decidiu partilhar com os seguidores a sua visão sobre o amor.

"Nunca fui de paixão à primeira vista, nem de encantamento fácil. Dava trabalho conquistar-me e, talvez por isso, tive poucos namorados", afirmou, após confessar que sempre foi uma romântica.

Separada de Luís Morais desde setembro do ano passado, Fátima revela que acredita mais do que nunca na união entre duas pessoas. "Sou hoje, mais do que nunca, uma mulher plenamente convicta que o amor verdadeiro existe e pode ser duradouro. Não tem de ser para a vida toda", destacou.

No entanto, a apresentadora falou também dos dissabores de uma relação e do que pode trazer de menos bom a duas pessoas. "Amor e egoísmo não casam bem numa relação. Amar é estar disponível para o outro, é sentir prazer por o fazer feliz, é não cobrar".

"O perigo está na hipervalorização de pequenas coisas que acabam por desencadear discussões muitas vezes injustificadas e que, uma atrás da outra, provocam desgaste e afastamento. Quando um amor se perdeu por fora, há muito morreu por dentro", acrescentou.

Leia o texto na íntegra aqui.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.