Esta quinta-feira, dia 23, celebrou-se o Dia Mundial do Livro, data que não passou despercebida a Fátima Lopes. Durante o seu programa e à conversa com o pasteleiro Marco Costa, a apresentadora acabou por partilhar uma memória de infância relacionada com um livro.

"Quando eu era miúda - venho de uma família humilde não é segredo nenhum, tenho muito orgulho em dizer isto - não tinha muitos livros. Quando fui viver para Moçambique não havia livros à venda. Lembro-me perfeitamente que um Natal que passei lá, que foi estranho, um Natal com 42 graus, não havia nada daquilo a que estava habituada, ofereceram-me um livro do Tintim. A minha felicidade quando o recebi", relatou, dizendo que o guarda até hoje.

Leia Também: Cláudio Ramos homenageia Fátima Lopes: "É a nossa história a acontecer"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.