Fátima Lopes foi uma das entrevistadas desta terça-feira, dia 27 de abril, de Manuel Luís Goucha no seu programa da TVI. A conhecida estilista portuguesa, que conta com uma carreira internacional, confessou que a pandemia e, consecutivamente o confinamento, lhe trouxeram um novo olhar sobre a vida e as prioridades a manter.

"Achava que não havia nada mais importante do que os meus desfiles em Paris, parava tudo, nada era importante. Paris era a meta, trabalhava durante meses seguidos para aquilo", lembra, sublinhando que durante 21 anos seguidos criou 43 coleções.

"De repente comecei a pensar que seria muito mais fácil não estar tão preocupada com Paris, que as coleções faziam-se na mesma mas com uma tranquilidade diferente", confessa.

"Este último ano teve coisas más, mas saboreei a vida de uma outra forma. Comecei a pensar se Paris era assim tão importante. Foi durante 21 anos. [Os desfiles] Trouxeram-me uma marca internacional, uma presença nas melhores revistas do mundo, mas impediram-me de muita coisa", nota.

Hoje, Fátima diz que o seu desejo é preparar um grande desfile em Portugal.

Leia Também: "Hoje, Fátima Lopes no programa" informa Manuel Luís Goucha

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.