O Brasil é um dos países que está a ser mais afetado pela pandemia da Covid-19 e os famosos não ficaram indiferentes às imagens que estão a circular nas redes sociais e que mostram bares cheios de pessoas, na noite de quinta-feira, no Rio de Janeiro.

De acordo com a revista Quem, a maior parte dos cidadãos estão sem máscara e até há vídeos de pessoas a ironizar a pandemia.

Perante tal situação, várias figuras públicas brasileiras fizeram questão de recorrer às redes sociais para criticar tal postura.

A atriz Tatá Werneck foi das primeiras a manifestar-se na Internet: "Um bando de gente egoísta lotando bares no Leblon. Enquanto trabalhadores sofrem por não poderem ficar em casa porque precisam sustentar suas famílias, pessoas egoístas ironizam o sofrimento dessas famílias indo a praias, bares, etc".

"Respeitemos as pessoas que não podem ficar em casa. Que precisam trabalhar. Respeitemos os profissionais na linha de frente que se arriscam para que vc possa ser atendido caso precise. Se não teme pela sua vida, tenha respeito pela dor dos outros. Bando de irresponsáveis", rematou.

A atriz Fabíula Nascimento também comentou a polémica. "O prefeito liberar é uma coisa, o povo sair para rua dessa maneira é outra. Esse é o tão esperado 'novo normal'? Odeio esse termo", escreveu. Segundo a revista Quem, Bruno Gagliasso apoiou a colega e disse: "Inacreditável".

Leia Também: AO MINUTO: 200 mil confinados na Catalunha; 100 mil mortos no Brasil?

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.