Merve Buyuksarac, antiga Miss Turquia em 2006, foi condenada a um ano e dois meses de prisão, com pena suspensa, depois de ter partilhado no seu perfil na rede social Instagram um texto que o presidente do país, Recep Tayyip Erdogan, considerou insultuoso. Em causa está a publicação de uma versão do hino nacional turco com críticas ao governante, em 2014, numa altura em que ainda era primeiro-ministro.

A modelo viu, nos últimos dias, um tribunal de Istambul aplicar-lhe uma pena por «insulto a uma personalidade de Estado», informou a agência noticiosa Dogan. Quando foi detida para interrogatório em janeiro do ano passado, Merve Buyuksarac admitiu ter partilhado parte de um texto publicado num jornal satírico, assegurando «não ter tido qualquer intenção» de ofender o atual presidente turco.

Os advogados de Recep Tayyip Erdogan alegaram, contudo, que a divulgação do poema ia além do «quadro da liberdade de expressão», ultrapassando «os limites da crítica» de forma «humilhante». Desde agosto de 2014, altura em que assumiu o novo cargo, que o número de processos em tribunal contra artistas, jornalistas e cidadãos anónimos por alegadas injúrias ao presidente do país já ronda os 2.000.

Texto: Luis Batista Gonçalves

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.