Brian Cullinan, um auditor da empresa PwC, está a ser apontado como o grande culpado para o maior erro na história dos Óscares, de acordo com uma notícia publicada pelo jornal britânico The Telegraph.

A firma PwC, que é responsável pelos votos dos Óscares há 83 anos, refere que Brian entregou pessoalmente o envelope errado relativo ao vencedor do prémio de melhor filme, e posteriormente não foi suficientemente rápido a corrigir o erro.

Refira-se que o ator Warren Beatty anunciou erradamente o vencedor de melhor filme, porque lhe foi entregue o envelope com o prémio anterior, o Óscar de melhor atriz.

Brian Cullinan é apontado pela empresa onde trabalha como tendo mais de 30 anos de experiência em termos profissionais, mas tal não o terá impedido de cometer o maior erro na história dos Óscares.

Clique na galeria de fotos e conheça melhor o homem que anda nas bocas do mundo pelas piores razões.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.