Demi Lovato não esquece o que viveu em 2018, quando sofreu uma overdose, e não ficou indiferente ao estado de saúde de DMX.

O rapper, de 50 anos, está em estado crítico nos cuidados intensivos após ter sofrido um ataque cardíaco na sexta-feira. De acordo com a imprensa internacional, o ataque cardíaco foi, supostamente, desencadeado por uma possível overdose de drogas.

Em conversa com o TMZ, esta terça-feira, Lovato reagiu à notícia sobre DMX. "Sempre que vejo uma figura pública que teve uma overdose ou morreu, penso de imediato: 'Podia ter sido eu'", disse a cantora.

"Há momentos em que até já me senti culpada por ter sobrevivido porque perguntamo-nos: porque é que ainda estou aqui? Por que é que os outros não? É algo difícil de superar", acrescentou.

"Tive de perceber que cada dia que passo aqui na terra é uma bênção pela qual tenho de estar grata. Isso faz-me viver o melhor que puder, sabendo que outros não tiveram a mesma oportunidade que eu tive", concluiu.

Leia Também: Rapper DMX em "estado vegetativo" após sofrer ataque cardíaco

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.