Hillary Clinton contou com o apoio de vários famosos durante a Convenção Nacional do Partido Democrata. Entre as personalidades destacou-se Demi Lovato que fez questão de transmitir um pouco da sua história de vida.

A cantora recordou os momentos em que sofria de um distúrbio alimentar, depressão e vício em drogas. “Eu tive sorte. Tinha os recursos suficientes para levar o tratamento até ao final. Infelizmente, muitos americanos de vários estratos sociais não procuram ajuda por terem medo do preconceito ou de não conseguirem superar o problema”, afirmou.

“Nós conseguimos fazer melhor. Todos nós podemos marcar a diferença ao recebermos a educação sobre esta epidemia e mudarmos as estatísticas se enfrentarmos o estigma”, acrescentou.

Demiconfessou ainda que o vício nas drogas chegou tão longe que o consumo tornou-se como uma espécie de ‘snack’, pois não conseguia estar mais de meia hora sem consumir cocaína, chegando a levar droga mesmo para os aviões.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.