"Sabem aquele projecto que nos emociona só de pensarmos nele? Sabem aquele projecto que nos arranca gargalhadas e lágrimas ao mesmo tempo? Sabem aquele projecto que nos faz dar tudo, sangue, suor e lágrimas? Esse projecto chama-se 'Golpe de Sorte'", começou por escrever Dânia Neto na sua página de Instagram, onde se despede mais uma vez da série da SIC.

"Começou a 15 de abril de 2019, quando o meu filho tinha quatro meses. Lembro-me da felicidade que senti quando recebi o convite, lembro-me de ter chorado um semana seguida todas as vezes que pensava que iria ter que me afastar do meu filho, ainda tão pequenino, para ir trabalhar, para fazer aquilo que amo fazer que é representar. Lembro-me de pensar que seriam apenas três meses da minha vida e que não seria mais um projecto. Seria O projecto", lembrou de seguida, destacando o início da série e toda a equipa.

"Lembro-me de pensar tantas vezes que aquele dia era para dar tudo, era mais um dia que estava longe do Salvador, era para fazer acontecer. Foi, de facto, incrível fazer as primeiras temporadas de 'Golpe de Sorte'. Fomos liderança. Podia tentar descrever a entrega deste elenco e equipa técnica destas pessoas incríveis que fizeram parte deste projecto, mas só quem viveu este 'Golpe de Sorte' sabe do que estou a falar", disse.

"Passado um ano voltaram a juntar-nos para fazer a 4.ª temporada. Eu ainda não tinha tido coragem para escrever sobre esta despedida. Comecei com um bebé de quatro meses, regressei com um bebé de um ano, a gravar duas produções em simultâneo (a 'Terra Brava', também), fiz a minha compensação hormonal pós-parto, atravessamos uma pandemia, aconteceram tantas coisas no entretanto. Mas terminamos a 31 de julho de 2020 com a mesma dedicação e amor como da primeira vez", acrescentou, falando sobre os últimos meses.

De seguida, fez questão de deixar uma agradecimento especial a alguns colegas. "Desempenhei quatro papéis na primeira pessoa. Fui mulher, mãe, profissional, colega, amiga.... e tive a sorte de ter os melhores ao meu lado. A grande Maria João Abreu que é uma inspiração, o meu parceiro de crime Jorge Corrula, José Raposo, e todos! Todos estes corações e talentos que fizeram do 'Golpe de Sorte' o sucesso que foi. Espero que recebam este projecto com todo o amor. Obrigada à Vera Sacramento pela história incrível que criou, pela minha amada Vilã Silvia. Obrigada ao Carlos Dante pela dedicação e espírito de sacrifício. Obrigada ao Daniel Oliveira pela oportunidade incrível que me deu", rematou.

Leia Também: nia Neto despede-se de novela: "Termino com sentido de dever cumprido"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.