No próximo dia 12 de outubro, a princesa Eugenie irá casar com Jack Brooksbank numa cerimónia com toda da ‘pompa e circunstância’, revela a imprensa internacional. Contudo, segundo o jornal britânico Daily Mirror, a fatura da cerimónia, que tem vindo a aumentar ao longo dos últimos meses, tem deixado os contribuintes ingleses revoltados. "É realmente uma afronta", afirmou Chris Williamson, do Labour.

As despesas estão sobretudo relacionadas com a segurança, tendo em conta as inúmeras ameaças de ataques terroristas. “O duque de York [príncipe Andrew, pai da noiva] insistiu que o casamento de sua filha deveria ser uma grande ocasião para ser lembrada e quer que todos embarquem para celebrar", afirmou uma fonte à publicação, acrescentando que o príncipe não se mostrou preocupado com as despesas extra que a dimensão da festa iria pressupor.

Os custos estão relacionados especificamente com as horas extras dos oficiais, o cancelamento de feriados e com a necessidade de patrulhas extras. Os mesmos serão pagos em parte pelas “forças policiais individuais e pelo conselho local”, mas os restantes “serão atendidos em particular”, ou seja, pela realeza britânica. Consta que ao todo serão mais de dois milhões de euros.

Para a cerimónia foram convidadas mais de 300 pessoas, entre elas, o casal Clooney, Cara Delevingne, Suki Waterhouse, Kate Moss, Cindy Crawford, Robbie Williams entre outros.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.