Afinal, Cristina Ferreira não vai já para a SIC. De acordo com o Correio da Manhã, ao contrário do que tem sido noticiado, ainda não há uma data definida para o início de funções da apresentadora no canal. O contrato laboral que assinou com a TVI só termina, segundo o jornal, a 30 de novembro pelo que, só a partir de dia 1 de dezembro, estará disponível para ser a apresentadora do novo programa das manhãs da SIC.

A publicação avança ainda que a atual colega de Manuel Luís Goucha vai ganhar um salário mensal de 80.000 €, o equivalente a um rendimento anual de 960.000 €. "O contrato milionário faz de Cristina Ferreira a apresentadora mais bem paga em Portugal e, também, o elemento mais bem pago do grupo Impresa, que é o dono da SIC e do semanário Expresso, ultrapassando mesmo o salário do presidente do grupo", noticia o ECO.

"Vai ganhar o triplo do presidente da Impresa, Francisco Pedro Balsemão", sublinha ainda o  jornal económico digital. Nas redes sociais, as opiniões dividem-se. "Espero que não seja verdade", condena Susana Rodrigues nos comentários de uma publicação no Instagram da apresentadora. "Parabéns, Cristina. Para a frente é que é o caminho", escreveu Maria Helena Caldeira, outra das (muitas) admiradoras da apresentadora.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.