Conan Osíris apreensivo com a nova realidade social. "A vida está muito estranha", desabafou mesmo o cantor e compositor, nas últimas horas. Num texto nonsense que publicou nas redes sociais, como se estivesse a escrever um diário, o intérprete de "Telemóveis" e "Vinte vinte" mostra-se angustiado com o futuro. "Parei de roer as unhas mas, daqui a nada, estou a vestir um sutiã copa B", ironiza. "Estive quase um mês bué doente", revelou ainda.

"Só penso em plantar coisas mas não sei nada de botânica. A vida está muito estranha mas fazer poesia já parece falsidade, parece que escrever musica é falso. Parece que tudo o que se romantiza é ficção [e] parece que, se eu falar de uma coisa numa música, ela torna-se falsa", lamenta. "Agora, só penso no que é falso ou não. Parece que tomei o comprimido vermelho. Eu quero tomar o azul para conseguir lidar bem com a ficção de novo", refere ainda.

"Parece que só [os] bébes e [a] natureza [é que] são reais e o resto são camadas de roupa. Isso antes, para mim, era normal e agora está a ficar estranho", desabafa ainda Conan Osíris. "Tambem estou farto de ter que comer para viver, sempre a abrir e a fechar a boca, mas também isso é bue hipócrita da minha parte [porque] se eu tivesse um problema na boca eu iria dar bué valor a[o ato de] comer normalmente", escreveu ainda o artista de 31 anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.