Charlie Sheen e o jornal The National Enquirer conseguiram chegar a um acordo, após vários meses de processo em tribunal.

Segundo o site de entretenimento TMZ, ambas as partes concordaram com a resolução apresentada. O processo começou no final do ano passado, após a publicação noticiar que o ator tinha abusado sexualmente de Corey Haim, quando apenas tinha 13 anos de idade.

Conforme foi noticiado na altura, o caso terá acontecido nos bastidores das filmagens de ‘Lucas’, ainda em 1986.

Uma das exigências dos advogados do artista era que o mesmo fosse recompensado com uma indemnização, algo que não foi confirmado.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.