Este ano não começou da melhor forma para Céline Dion. O marido, René Angélil morreu no dia 14 de janeiro, vítima de um cancro na garganta. Na altura, o funeral terá emocionado o mundo, tendo em conta o sofrimento exposto pela cantora.

Alguns meses depois, a morte do marido volta a ser notícia, mas por outros motivos inesperados. A imprensa internacional relata que os gastos com a cerimónia fúnebre de Angelil foram muito superiores ao que normalmente acontece.

Ao todo foram cerca de 472 mil euros, conta que o governador da província do Québeque, no Canadá, não aceitou financiar. A justificação dada pelo próprio é que mesmo tendo sido uma cerimónia do Estado, esta ultrapassou largamente os limites orçamentais.

Supostamente, o que terá engordado a conta foi a contratação de uma empresa privada para manter a ordem tanto na igreja, como no percurso até ao cemitério.

Recorde-se que a cerimónia fúnebre decorreu Basílicade Notre Dame, em Montreal. O valor apresentado ultrapassa los 45 a 75 mil dólares que são gastos em média neste tipo de ocasiões.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.