A segunda semana do programa 'Big Brother - A Revolução' ficou marcada pela expulsão de André Filipe. O concorrente teve vários comportamentos inapropriados dentro da casa, que visaram a destruição de material.

André saiu da casa mais vigiada do país diretamente para casa, apesar de aparentar não estar bem de saúde já dentro do programa. Horas depois, a mãe do jovem viu-se obrigada a levá-lo ao hospital. O ator e realizador foi internado na sequência de um surto psicótico e encontra-se ainda no hospital.

Perante a situação, a TVI e a produção do reality show tem sido alvo de várias críticas pelo facto de, alegadamente, não terem sido feitos os testes necessários para perceber que o concorrente não estava bem de saúde para entrar no programa, por este não ter sido encaminhado para o hospital depois da expulsão e ainda por não ter voltado a questionar a família sobre o seu estado de saúde após a sua retirada do formato. Em resposta às acusações, Teresa Guilherme foi na gala deste domingo, dia 27 a porta-voz de um comunicado oficial da Endemol - produtora responsável pelo 'Big Brother - A Revolução'.

Veja abaixo o comunicado completo:

"A Endemol Portugal esclarece que o processo de casting que realizou para o programa Big Brother – Revolução, tal como aconteceu na edição anterior do Big Brother e em todas as edições do formato a nível mundial, inclui exames médicos e psicológicos completos de todos os concorrentes selecionados, realizados por profissionais de saúde independentes contratados pela produtora que fizeram parte de edições anteriores. Só podem participar no programa de televisão os perfis que forem declarados aptos por esta equipa médica. No que se refere à expulsão do André Filipe, a Endemol Portugal faz questão de sublinhar que o protocolo foi seguido à risca mediante o comportamento do concorrente, incompatível com as regra do programa e, após avaliação da equipa de psicólogos, a produção tomou a decisão de retirar o concorrente da casa e terminar assim a sua participação no concurso. A quando da sua saída o André esteve sempre acompanhado por familiares. A Endemol Portugal mantém o contacto permanente com a família do André para saber o seu estado de saúde. O acompanhamento médico e psicológico de todos os concorrentes do Big Brother – Revolução é permanente e segue rígidos protocolos internos. Este acompanhamento profissional que começa antes do início das emissões e prolonga-se ao longo da sua permanência na casa continua e continuará depois de saírem do concurso sempre com o objetivo de salvaguardar a nossa prioridade número 1: o bem estar e privacidade de cada concorrente. O André tem todo o nosso apoio e desejamos-lhe uma rápida recuperação".

Por sua vez, também Teresa Guilherme quis enviar uma mensagem ao ex-concorrente: "Tenho muita pena que tenha acontecido isto ao André, desejo as melhoras. Espero que ele fique bem para um dia o termos aqui e conversáramos com ele ao vivo", refere a apresentadora.

Reveja aqui o momento.

Leia Também: Teresa Guilherme acusada de não dar espaço a Pipoca: "Cheira-me a azia"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.