O casamento de Harry e Meghan Markle está cada vez mais próximo – será celebrado no dia 19 de maio. Contudo, nem tudo tem sido um ‘mar de rosas’ para o príncipe, muito pelo contrário.

Conforme adianta o jornal britânico Daily Mirror, uma das coisas que mais irritou Harry foi o facto de que não ter sido permitido a convidar o casal Obama para o matrimónio.

E se relativamente a Barack, o noivo de Markle ainda poderia aceitar, o mesmo não aconteceu quando se falou da sua esposa, Michelle.

“Na cabeça do Harry não haveria casamento se a Michelle não tivesse existido e isso é razão suficiente para eles estarem presentes”, garante a fonte à publicação, relembrando que Michelle foi uma das pessoas que apresentou Harry e Meghan.

O motivo pelo qual os Obama não poderão estar presentes na cerimónia deve-se a uma questão política, ou seja, a ideia é evitar um incidente diplomático, na medida em que Donald Trump iria ficar de fora.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.