Cara Delevingne é uma das modelos mais famosas de sempre. Conseguiu construir uma carreira sólida baseada no seu carisma e beleza. No entanto, se bem se recorda, no ano passado a manequim anunciou que iria abandonar as passerelles, devido a um momento difícil por que estava a passar. Na altura, Cara denunciou a pressão a que esteve sujeita no mundo da moda desde o início da carreira e dos maus tratos que sofreu por parte de outras modelos.

Após meses de especulação, Delevingne decidiu esclarecer a situação no seu Twitter e explicar o verdadeiro motivo que a levou a abandonar os desfiles: “Vamos esclarecer tudo", começou. "Eu nunca disse que iria deixar de ser modelo. Eu não culpo a indústria da moda por nada. Eu sofro de depressão e fui modelo durante uma fase difícil em que me odiava. Sou muito sortuda pelo trabalho que faço, mas costumava trabalhar para tentar escapar e acabava completamente exausta. Eu estou focada nos filmes a aprender a como não reparar em cada falha minha. Eu sou muito boa nisso”, confessou.

Cara mostra assim que se encontra numa fase mais complicada a nível psicológico, sendo que o único escape neste momento é mesmo a representação. Recorde-se que a modelo protagonizou o filme ‘Cidades de Papel’ e encontra-se no elenco de ‘Esquadrão Suicida’.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.