Blac Chyna acusou os membros do clã Kardashian de a prejudicarem “financeira e emocionalmente”, assim como aos filhos, adianta o Daily Mail.

A modelo, de 33 anos, que é mãe de Dream, de cinco anos, fruto do antigo relacionamento com Rob Kardashian, fez uma publicação no Twitter a propósito da batalha em tribunal contra Kris Jenner, mãe de Rob, e contra as irmãs, Kim e Khloé Kardashian.

“Planeio voltar a focar a minha atenção no meu processo contra a Kris Jenner e as filhas, Kim, Kylie e Khloé, que começa dentro de 13 dias. Quando fizeram com que o meu programa de sucesso terminasse em janeiro de 2017, isso não apenas afetou-me financeira e emocionalmente, mas prejudicou os meus filhos maravilhosos.

Levo-as a tribunal para lutar pelos meus direitos e para ser um exemplo para os meus filhos do que “o que é certo é certo e o que é errado é errado”. O que fizeram foi muito errado.

Estou tão grata por um júri finalmente ouvir o que realmente aconteceu nos bastidores - as mentiras que foram contadas e os danos que foram causados.

No final do julgamento, vou poder dizer, orgulhosamente, ao King e à Dream, que fiz tudo o que podia para corrigir o que me fizeram de mal. E isso, é a minha esperança na vida, em que poderão lutar por eles mesmos quando for necessário”, revelou Black, cujo nome verdadeiro é Angela Renee White num comunicado.

Recorde-se que a celebridade é ainda mãe de King, da sua relação anterior com Tyga.

Leia Também: Rob Kardashian explica porque não paga pensão de alimentos à mãe da filha

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.