A propósito das seis nomeações para os Grammy Awards, Billie Eilish abriu o coração numa entrevista reveladora ao programa 'The Gayle King Grammy Special', da CBS, sobre o duro período que enfrentou em 2018, quando tinha apenas 16 anos.

"Estava tão infeliz e sem motivações", afirmou, citada pelo Daily Mail, acrescentando de seguida que o estado depressivo a levou a pensar em terminar com a vida.

"Não quero ser muito sombria, mas acreditava realmente que não chegaria aos 17 anos", continuou.

Questionada pela jornalista se "tentou fazer algo contra si mesma", Billie Eilish não escondeu que sim e relatou o duro momento em que ponderou o suicídio.

"Uma vez em Berlim, eu estava sozinha no meu quarto de hotel e havia uma janela lá… Deus, eu lembro -me de chorar porque estava a pensar... Na forma como eu ia morrer, na forma como eu ia fazer", contou.

A artista, que completou 18 anos em dezembro, revelou que travou os pensamentos mais sombrios ao lembrar-se da mãe, Maggie Baird. A progenitora acabou por convencê-la a fazer terapia e a reduzir a sua agenda de espetáculos como medidas para recuperar o seu bem-estar.

Leia Também: Billie Eilish é a anti-estrela pop por quem esperávamos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.