Ben Affleck e Jennifer Garner, que ontem anunciaram oficialmente o seu divórcio, vão repartir mais ou menos a meias a fortuna que acumularam ao longo de dez anos de casamento e que está avaliada em 150 milhões de dólares (cerca de 134 milhões de euros).

Segundo a imprensa norte-americana, os dois atores já chegaram a acordo sobre a divisão de bens e também sobre a custódia dos seus três filhos, que vai ser partilhada por ambos.

Ben, de 42 anos, e Jennifer, de 43, confirmaram a separação num comunicado conjunto, redigido em tom pacífico.

Referem nesse documento que tomaram a “difícil decisão do divórcio” após larga reflexão, garantem que continuam unidos pela “amizade e pelo amor” e sublinham que os filhos são, hoje como ontem, a prioridade das suas vidas.

A revista “People” prevê que não haverá escândalos em torno desta rutura e avança, inclusivé, que os dois atores vão continuar a morar juntos na sua mansão de Pacific Palisades, na Califórnia, ao lado das suas crianças – Violet, de 9 anos, Seraphina, de 6, e Samuel, de 3.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.