A atriz e comediante Chelsea Handler levou a tribunal a marca de lingerie ThirdLove por esta quebrar o contrato.

A artista, de 47 anos, está a processar a empresa em mais de um milhão de euros, tendo entrado com uma ação no Supremo Tribunal da Califórnia, alegando que não foram cumpridas as obrigações contratuais. Nos documentos judiciais que foram apresentados esta quinta-feira, alega que a marca "não a compensou de forma justa por uma campanha publicitária".

Em documentos legais, Chelsea Handler disse que concordou com um acordo em que receberia cerca de um milhão de euros, além do pagamento de despesas relacionadas, no final do ano passado.

A atriz e comediante, diz, iniciou um plano de 'exercícios especializados' para se preparar para a participação nos anúncios da marca de lingerie, e teve 'várias reuniões' com os representantes da empresa antes das filmagens da campanha, agendadas para o final de janeiro.

Chelsea Handler relata ainda que recusou outras oportunidades profissionais como parte do seu compromisso com a ThirdLove, informa o TMZ. Além disso, destaca que viajou por contra própria para o Canadá para uma sessão fotográfica que estava planeada para o dia 26 de janeiro, quando a empresa cancelou as gravações e o contrato, de acordo com o Page Six.

Leia Também: Comediante Chelsea Handler foi hospitalizada devido ao stress

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.