Com a novela 'A Serra' a chegar ao fim, Márcia Breia, Ana Marta Ferreira, Laura Dutra e João Maneira - que estiveram muito próximos de Maria João Abreu nas gravações da trama -, foram ao programa 'Júlia', da SIC, esta quinta-feira, 28 de abril.

Numa conversa em que as emoções estiveram à flor da pele, os atores recordaram Maria João Abreu, que se sentiu mal durante as gravações, no ano passado, tendo morrido semanas depois no hospital após ter sofrido um aneurisma.

"É muito complicado. [...] Não esperávamos aquilo", confessou Márcia Breia.

"Eu tenho uma recordação. No dia em que estava a gravar com ela, ela disse assim: 'Agora ainda temos um bocado livre, não temos?'. E eu disse que achava que sim. E ela disse que se calhar ia aproveitar para ir ao médico porque lhe andava a doer a cabeça todos os dias", contou.

Pouco depois, Márcia Breia foi embora porque já tinha acabado o seu trabalho, e quando chegou casa recebeu a notícia de que Maria João Abreu tinha-se sentido mal e levada para o hospital.

"[...] Não sou muito pessimista, mas se ela andava há imenso tempo assim... Eu já tinha percebido que ela de vez em quando tinha umas pequenas caidinhas de tensão e assim, mas isso toda a gente tem. Não dá para perceber o final, infelizmente", acrescentou.

Por sua vez, Laura Dutra recordou: "Foi progredindo porque a João era uma mulher cheia de força e positividade, e passava isso". A atriz continuou lembrando que a atriz andava numa "fase mais sensível". "Ela emocionava-se muito", acrescentou Ana Marta Ferreira.

"A Maria João tinha o hábito de abraçar e cumprimentar toda a gente assim que chegava. E nesse dia ela estava especialmente sensível. Acho que só depois é que nós fizemos essa ligação e parecia que ela se estava a despedir. O abraço que ela nos deu, senti que - não é que ela sabia - havia alguma intuição. E ela era uma mulher super sensível, por isso essas coisas sentem-se automaticamente. Houve ali alguma permissão da parte dela e acho que ela, de certa forma, despediu-se de nós nesse dia. Foi uma coisa super estranha", partilhou Laura Dutra.

Ainda durante a conversa com Júlia Pinheiro, Márcia Breia realçou: "É sempre horrível. Não importa se as pessoas morrem disto ou daquilo. Ela era nova, talentosa, tinha uma família que a adorava. Não há direito".

Para ver este momento, clique aqui.

Leia Também: Novela 'A Serra' faz homenagem emocionante a Maria João Abreu

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.