Aretha Franklin morreu sem deixar nenhum testamento, segundo as mais recentes notícias. A cantora faleceu no passado dia 16 de agosto, aos 76 anos, depois de perder uma longa batalha contra um cancro no pâncreas, diagnosticado em 2010.

Segundo documentos do tribunal obtidos pelo site de entretenimento TMZ, a 'rainha do soul' não tinha um testamento.

Assim, os seus quatro filhos, nomeadamente, Clarence, Edward, Ted e Kecalf irão ter direito a partes iguais do seu património avaliado em 80 milhões de dólares, aproximadamente, 69 milhões de euros.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.