António Sala, atualmente com 72 anos, esteve esta quarta-feira no programa 'Casa Feliz' para assinalar o Dia Mundial da Audição - celebrado a 3 de março.

"Eu tive uma surdez profissional", começa por referir o radialista, que explica ter perdido a audição devido à profissão.

"E tive uma surdez profissional porquê? Auscultadores todos os dias, durante mais de três horas por dia. Era produtor discográfico, estava dias e dias em estúdio a produzir discos. À noite espetáculos onde, vocês sabem, o som de monição é cada vez mais alto", afirma.

Por volta dos 42 anos, António Sala começou a perceber que pedia aos técnicos que trabalhavam consigo para subir o som em demasia. Depois de ser alertado várias vezes, decidiu então procurar ajuda e realizar os exames necessários para perceber se estava tudo normal com a sua audição.

"Comecei a perceber que do meu lado direto a audição era quase nula. Daí tive um problema, nasceu um tumor e tive de ser operado", lembra, recuando até 2012.

"Fui operado, evitaram que eu ficasse com sequelas faciais, boca torta, olho aberto. Não fiquei com quaisquer sinais físico na cara, mas como eles tiveram de me abrir a cabeça deste lado não oiço", diz, apontando para o lado direito do rosto.

Um aparelho auditivo resolveu os seus problemas e deu-lhe a possibilidade de ser "um homem com uma vida normal". "Tenho uma audição que é muito ativa mesmo, porque uso um pequeno aparelho", reforça.

Por fim, António Sala apela a que deixe de existir preconceito em relação ao uso de aparelhos auditivos e lembra a importância que estes têm para quem como ele depende do uso dos mesmo para ter uma melhor qualidade de vida.

Reveja aqui a entrevista do radialista.

Leia Também: João Baião emociona-se ao homenagear Maria José Valério

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.