Como entrou para este mundo da TV e do espectáculo?
Já estava no sangue. A minha mãe sempre esteve envolvida no mundo da moda, em concursos de misses. Convivi muito com actores e manequins. E sempre tive uma ponta de curiosidade em desvendar o mundo deles. Mas ainda hoje tento descobrir da onde vem esta minha desinibição em frente às câmaras (risos).
Como veio parar a Portugal?
O meu marido, que é dentista, recebeu uma proposta de trabalho e nós nem hesitámos em vir iniciar uma nova vida aqui. Adaptei-me facilmente.
O que faz uma estudante de medicina veterinária na televisão?
Desde pequena convivo muito com animais, porque a minha família, no Brasil, cria búfalos. Tenho uma quinta que parece um zoológico. Sempre tive interesse em ver como os veterinários trabalham. E a televisão também é uma paixão de infância. Aos seis anos, fiz uma campanha publicitária e, desde então, cresci na profissão até me ter tornado apresentadora e actriz.
Vai conciliar as duas carreiras?
Estou a fazer os últimos exames para ter o diploma de veterinária. Tenho conciliado os estudos com o trabalho, mas não tem sido fácil. Não sou pessoa de desistir facilmente e, por isso, quero ter um negócio ligado a animais e continuar na televisão.
Gosta de dar dinheiro no concurso que apresenta na televisão?
Gosto muito. Nunca tinha pensado em fazer um programa do género. É um desafio duplo, por ser em directo e por ser justamente um programa que dá prémios em dinheiro. Já tinha apresentado programas de desportos radicais e educativos, mas nada deste estilo.
Qual foi a situação mais caricata que já viveu a apresentar programas?
Situações caricatas são mesmo comigo! (risos). Tenho a mania de atirar os cartões do meu roteiro para a câmara no "Quem Quer Dinheiro?", para chamar a atenção dos telespectadores. Mas uma vez, a coisa deu para o torto. Acertei na cabeça do operador de câmara! A produção ficou numa bagunça, pois queria que o operador se vingasse. E lá foi! O outro cartão que atirei para o alto quase desmontou as luzes do estúdio. Foi uma grande confusão em directo.
A Andressa tem uma costela de actriz (entrou na série brasileira "Malhação" e em Portugal fez participações em "Jura" e "Tempo de Viver"). Gostava de vingar nessa área?
Seria muito bom, mas se isso não acontecer, não vou ficar triste. Entendo que o mercado português de representação é restrito e não está muito aberto a profissionais brasileiros. Mas gosto da dramaturgia e estarei aberta a eventuais convites, desde que possa conciliar com a apresentação.
É reconhecida na rua?
Sim. As pessoas são simpáticas. Geralmente dizem que gostam muito do meu estilo brincalhão, simpático e descontraído e para eu continuar assim. Há até quem diga que os portugueses estavam carentes desta proximidade entre apresentador e telespectador.
Qual é o homem português mais bonito, em sua opinião? E a mulher?
(risos) Não sei responder, porque não gostaria de ser injusta. Há muitos homens bonitos aqui. Mulher, sem dúvida nenhuma, é a Alexandra Lencastre. Acho-a muito charmosa e profissional. Em Portugal, ela é o meu exemplo.
É uma mulher vaidosa?
No bom sentido, ou seja, gosto de me cuidar. Sou muito cautelosa com cremes, cuidados com o cabelo e com a pele. Gosto de me vestir como se estivesse sempre a caminho de eventos importantes. Perfume e maquilhagem básica no dia-a-dia são indispensáveis.
Fez recentemente ensaios sensuais para revistas masculinas. Gosta de explorar o seu lado sensual?
Creio que toda a mulher gosta de explorar esse lado. Faz-nos sentir mais mulheres e a auto-confiança de certeza que aumenta (risos).
O que é que o seu marido acha dessa exposição?
Ele respeita e sabe que a minha carreira televisiva pode levar a trabalhos sensuais. O que ele costuma dizer é que já me conheceu neste meio e que respeita e incentiva trabalhos que realmente acrescentem algo de positivo.
Vocês estão juntos há mais de dois anos. Pensam em aumentar a família?
Sim, como todos os casais, mas muito futuramente. Tanto eu como ele dedicamo-nos muito às profissões e sabemos que ter filhos é muita responsabilidade. Sou muito nova e tenho projectos em ambas as minhas carreiras que não queria interromper neste momento.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.