A separação de Amber Heard e Johnny Depp não estará a correr como previsto. Segundo a imprensa internacional, a atrizacusou o ex-companheiro de estar a atrasar propositadamente o divórcio. Tudo, por não querer entregar a Amber os documentos com as informações sobre as suas finanças.

Anteriormente, já tinha sido noticiado que Heard recusou-se a assinar um acordo de confidencialidade para ter acesso a estes documentos, algo de que Depp não abdica. No entanto, para a equipa de advogados da atriz, esta é uma exigência sem sentido tendo em conta que a artista estaria sempre sujeita a uma multa de milhares de dólares caso o fizesse (tornasse públicasinformações confidenciais).

Outras das dificuldades que se impõem são as datas de gravações do novo filme de Amber Heard, que obrigam a queatrizfique a viver em Londres nos próximos tempos. Por causa disso, a mesma ter-se-á oferecido para marcar as audiências em tribunal ao fim de semana, pedido que também Johnny recusou.

Apesar de todos estes contratempos, consta o ex-casal já tem uma audiência marcada para breve e espera que nela todos os seus problemas possam ser resolvidos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.