Desde que começou a onda de denúncias de assédio e abuso sexual no entretenimento e moda, que as mulheres deixaram de ter medo de falar e, consequentemente, têm vindo a surgir novos movimentos no âmbito da defesa de causas femininas.

Desta vez uma das visadas foi Heidi Klum, mas não pelos melhores motivos. Um grupo de adolescentes em Hamburgo, Alemanha, teceram uma série de críticas ao programa da modelo - ‘Germany's Next Topmodel’ - que tem prendido milhões de espetadores e cujo objetivo final é escolher a jovem que irá representar o país no concurso Miss Universo 2018.

As adolescentes em questão protestam contra os ideais de beleza que imperam no mundo da moda, argumentando que no concurso apenas se tem em conta o aspeto físico, desvalorizando outras aptidões das candidatas.

As raparigas entre os 11 e os 15 anos de idade decidiram criar uma canção para o YouTube de nome ‘Not Heidi's girls’. “Sou mais que o físico e posso oferecer mais do que curvas”, ouve-se na letra da canção. “Queres-me para me exibir, mas não te vou obedecer. Tenho uma voz e vou usá-la para dizer que não sou uma rapariga Heidi”, afirma a música.

Até ao momento nem Heidi Klum, nem a produção do programa comentaram a iniciativa.

Veja o vídeo aqui.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.