O caso de violação contra Neymartem sido destacado pela imprensa e muito se tem dito sobre as acusações. No entanto, as mais recentes informações falam de um auto médico que a alegada vítima realizou no dia 21 de maio e que revela hematomas, problemas gástricos, perda de peso e sintomas de stress pós-traumático.

De acordo com o UOL Esporte, que teve acesso ao documento, os exames foram feitos seis dias depois do alegado encontro do futebolista com a mulher. Além disso, aparentemente existem imagens que mostram hematomas grandes e escuros na região das nádegas e pernas.

"Dor, perda de peso, ansiedade, problemas gástricos, pós-episódio de stresse emocional e hematomas provenientes de agressões na região das nádegas e pernas", são alguns dos relatos que se pode ver no documento. As imagens que foram anexadas ao processo, mas que não foram divulgadas, mostram grandes áreas roxas, como adianta o meio de comunicação brasileiro. O auto foi feito por um médico particular de um hospital de São Paulo.

Recorde-se que o pai do jogador já reagiu às acusações e afirma que o filho "está a ser chantageado", confessando que prefere ver o jogador a ser acusado de "um crime de Internet ao de violação".

O futebolista também já prestou algumas declarações sobre o assunto, negando as acusações feitas contra si. Além disso, mostrou ainda toda a conversa que teve com a mulher.

Também já tinha sido relatado que a alegada vítima entregou documentos e imagens à polícia para tentar provar que o jogador agiu de forma “agressiva” antes do alegado crime.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.