Aaron Carter fez uma série de acusações à sua família no Twitter, muitas delas de índole grave.

Conforme o próprio o revelou, a irmã, Leslie, alegadamente terá abusado dele sexualmente quando tinha apenas 10 anos de idade, violações que se prolongaram até aos 13.

Em declarações, Aaron refere que a irmã era bipolar e que tomava uma série de medicamentos para controlar a sua condição.

"Ela nunca gostou da forma como a faziam sentir e quando os deixou de tomar fez coisas sem querer, acredito nisso", adianta.

"Tinha 10 anos. Tenho passado os últimos 15 anos da minha vida a ir a sessões de terapia por abusos e violações", sublinhou.

"A minha irmã violou-me dos 10 aos 13 anos quando estava sem medicação...", acrescentou, dando conta que nunca foi diagnosticado com bipolaridade e esquizofrenia e que agora apenas pretende focar-se na sua carreira musical.

Leslie, irmã de Aaron, morreu aos 25 anos de idade, em 2012, na sequência de uma overdose.

Leia Também: Aaron Carter traz à tona caso polémico do irmão e Paris Hilton

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.