"A minha dupla nesta foto é a Kimberly Shannon Murphy. A mesma mulher que levou porrada do Brad Pitt numa sequência de acção brilhante em 'Era Uma Vez em Hollywood', um filme para o qual Pitt ganhou o Óscar este ano", assim começou por partilha Daniela Ruah na legenda de uma fotografia que partilhou na sua página do Instagram. Uma publicação que serviu para elogiar e destacar o trabalho dos duplos.

"Sem duplos ou artistas de 'stunts' não existiriam os filmes de Quentin Tarantino, não haveriam franchises como 'Fast and Furious', 'Lethal Weapon', 'Missão Impossível', 'James Bond', 'John Wick', os filmes de super heróis da DC e da Marvel, para não falar de séries televisivas como 'NCIS LA'! Estes homens e estas mulheres não só arriscam o seu bem estar para nos entreterem mas também se certificam que os seus actores estão em segurança nas suas cenas de acção", realçou.

Daniela não ficou por aqui e lamentou o facto de ainda não existir nenhuma categoria nos Óscares para reconhecer o trabalho destes artistas.

"Há várias categorias importantes que faltam nos Óscares, mas a categoria de Duplos é das mais importantes. É ridículo que não haja mais reconhecimento destes artistas que trazem tanto valor ao mundo do entretenimento. Coordenadores, lutadores, condutores, acrobatas, mergulhadores, preparadores. Etc. Vocês são adorados e merecem ter mais reconhecimento", rematou.

Leia Também: Daniela Ruah recorda momento "glorioso de mamã... presa no trânsito"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.