Aos 38 anos, Tamta, adversária do português Conan Osíris na primeira semifinal do Festival Eurovisão da Canção de 2019, que se realiza esta noite, 14 de maio, em Telavive, em Israel, é um ícone de estilo. A representante de Chipre, que nasceu e cresceu na Geórgia e emigrou para a Grécia aos 22 anos em busca de uma vida melhor, é uma das mulheres que mais tem surpreendido nos eventos oficiais do certame musical.

No vídeo que gravou para promover "Replay", a canção que as casas de apostas apontam como uma das favoritas da edição deste ano, também são muitos os looks. "A imprensa refere-se a ela como uma Cinderela moderna devido às escolhas de moda que faz e às conquistas extraordinárias que já conseguiu", pode ler-se no perfil da cantora, que já lançou quatro álbuns, 12 singles digitais e 26 vídeos musicais, no site do festival.

Embaixadora de uma campanha de prevenção do cancro da mama, Tamta é também defensora da causa animal enquanto apoiante da Save A Greek Stray, uma organização grega que gere um abrigo para cães em Oropos. "É atualmente uma das mais bem sucedidas e influentes artistas da indústria pop grega, sendo também considerada uma das melhores vocalistas e performers da Grécia", refere ainda o site do eurofestival.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.