O Natal é um dos períodos do ano em que mais podemos comer sem ficarmos com (muito) peso na consciência. E é também uma época onde damos largas aos nossos impulsos mais consumistas, aproveitando para mimar aqueles com quem nem sempre podemos estar ao longo do ano. Os mercados tradicionais de Natal permitem-nos tirar a barriga de misérias e fazer o gosto ao dedo, aliando o melhor dos dois mundos.

Estes são 10 dos mercados de Natal que não pode perder:

1. Winter Wonderland de Londres

Em Hyde Park, um dos parques urbanos mais concorridos de Londres, em Inglaterra, o Winter Wonderland é um dos maiores mercados de Natal da cidade. Com mais de 200 barracas de madeira, não faltam ideias e propostas originais para presentes. Há espaço para um mercado alemão e para um mercadinho de anjos e fadas. Entre 18 de novembro de 2016 e 2 de janeiro de 2017, os visitantes podem ainda aproveitar para, depois das compras, ir relaxar na pista de gelo a céu aberto ou espreitar a iluminação da famosa Oxford Street.

2. Mercado de Natal de Belfast

Os locais já não passam sem ele e os turistas também não. Este ano, decorre de 19 de novembro a 22 de dezembro. É um dos últimos grandes eventos da capital da Irlanda do Norte e reúne o melhor dos produtores de alimentos e bens locais, assim como a oferta de um naipe de vendedores internacionais. As barracas de madeira do Mercado de Natal de Belfast são anualmente visitadas por milhares de pessoas.

3. Marché de Noel de Lille

Entre os dias 18 de novembro e 30 de dezembro, a Place Rihour, na cidade francesa de Lille, volta a engalanar-se para mais uma edição do Marché de Nöel de Lille. Este ano, os promotores do evento, a Fédération Lilloise du Commerce, de l’Artisanat et des Services, garante 83 bancas de madeira que, durante seis semanas, transformam o local numa autêntica aldeia natalícia. Além de artesanato russo e de objetos decorativos da América do Sul, estarão à venda chocolates indianos, bolachas belgas, queijos da região de Savoie e ainda vinho quente como o que se bebe na Alemanha.

4. Glasgow Christmas Market 

Este ano, Glásgua, mais conhecida em Portugal como Glasgow, não tem um mas dois mercados de Natal. O primeiro realiza-se na Praça de Saint Enoch e decorre de 10 de novembro a 22 de dezembro. A par deste, aquela que é a maior cidade da Escócia e a terceira mais populosa do Reino Unido, depois da capital Londres e de Birmingham, acolhe um outro, que se realizada na Praça George, designada localmente como George Square. Igualmente animado, arranca cerca de duas semanas depois, tendo lugar entre 26 de novembro e 29 de dezembro. Além das habituais compras, os visitantes podem optar por saborear uma deliciosa salsicha Bratwurst, dar uma volta de carrossel ou degustar um copo de glühwein, o famoso vinho quente com especiarias que os habitantes locais e os turistas dos países mais próximos tanto apreciam.

5. Marché de Noël de Bâle

Apesar de não ser um dos destinos mais óbvios, é dos mais belos da Suíça. Com as suas árvores enfeitadas, as bancas festivas e as decorações natalícias, as ruas de Basileia, na Suíça, são perfeitas para os que vibram com o espírito natalício. No centro histórico da cidade, as ruelas enchem-se de brilho, conduzindo à Barfüsserplatz e à Münsterplatz, as duas praças que acolhem as barracas dos mais de 180 vendedores que aproveitam a ocasião para fazer negócio. É o local perfeito para adquirir brinquedos de madeira, roupa infantil e artesanato folk.

Veja na página seguinte: Outros mercados de Natal que se enchem de luz e cor

6. Mercado de Natal de Tallin

A pitoresca praça da câmara municipal de Tallin, na Estónia, é novamente palco do mercado de natal da cidade. Entre os dias 25 de novembro de 2016 e 8 de janeiro de 2017, os stands de madeira dos vendedores reúnem-se à volta de uma árvore de Natal de grandes dimensões. Uma tradição que se mantém desde 1441. Há quem afirme que a cidade foi a primeira da Europa a erguer uma numa praça pública. O artesanato local é muito procurado mas os muitos cantores e bailarinos que aproveitam a ocasião para lá atuar também atraem multidões.

7. Baden-Badener Christkindelsmarkt

Baden-Baden, no sopé da Floresta Negra, é uma cidade alemã rodeada de montanhas cobertas de neve, árvores esvoaçantes e casinhas que mais parecem saídas de um conto de fadas. Ano após ano, tem-se revelado o cenário perfeito para um dos mais encantadores mercados de Natal. Este ano, entre 21 de novembro e 30 de dezembro, em paralelo com as tradicionais barracas típicas decorre um vasto programa cultural. As ruas circundantes enchem-se de movimento, criando uma atmosfera festiva imperdível. Esta cidade tem ainda outro encanto. Dois spas termais muito elogiados que são o local perfeito para descontrair antes ou depois de uma extensa maratona de compras.

8. International Christmas Market

International Christmas Market, o mercado de Natal da cidade inglesa de Newcastle, que em 2016 se realiza entre 18 de novembro e 11 de dezembro, volta a encher-se de animação, de luz e de cor. As barracas de comes e bebes atraem quase tantos curiosos como os das tendas de potenciais presentes. Não muito longe do grande mercado, o Exeter’s Market, que decorre entre 19 de novembro e 18 de dezembro, oferece uma grande variedade de produtos locais e internacionais, com especial destaque para os casacos quentes e os chinelos confortáveis.

9. Le Marché de Nöel de Nantes

Entre os dias 19 de novembro e 24 de dezembro, Le Marché de Nöel de Nantes promete animar a cidade francesa de Nantes, (re)conhecida pela arquitetura moderna e arrojada, pelas (muitas) manifestações artísticas e pelo seu famoso elefante mecânico. Repartido pela Place Royale e pela Place du Commerce, reúne cerca de 120 stands, com especial destaque para o que abriga a famosa casa do Pai Natal, o local preferido das muitas crianças que por lá passam. Brancos e vermelhos, os chalés dos vencedores prometem atrair milhares de visitantes em busca dos melhores e mais originais presentes de Natal.

10. Mercatini di Natale di Verona

Cenário da famosa história de amor entre Romeu e Julieta, Verona, em Itália, é uma cidade que vive e respira romantismo. Quando chega o Natal, o centro histórico da urbe declarada Património Mundial pela UNESCO enche-se de milhares de luzes e de decorações de Natal para acolher o Mercatini di Natale di Verona, o famoso mercado natalício local. Na deslumbrante Piazza Bra, conhecida pelo seu famoso anfiteatro romano, acende-se uma majestosa estrela.

Não muito longe dali, há mais bancas de madeira, as da Piazza dei Signori, que se (con)fundem com a arquitetura local, criando um abiente (quase) feérico. Em 2016, são cerca de 60 os vendedores inscritos. Entre 18 de novembro e 26 de dezembro, o vidro, a madeira e a cerâmica são os materiais que mais se destacam. As (muitas) bancas de especialidades gastronómicas à disposição são outro dos atrativos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.