A reabertura do The Hood, após o fecho forçado pela pandemia Covid-19, conta com uma grande novidade: o primeiro anti-mall de Portugal tem agora estruturas móveis para o segmento da restauração, intervencionadas por artistas nacionais, graças a uma parceria exclusiva.

A abertura dos restaurantes neste formato está prevista até ao fim de julho, mas as obras já podem ser visitadas no espaço localizado junto à praça central do UBBO, na Amadora.

Uma das primeiras intervenções realizadas para o The Hood foi o food truck de uma marca portuguesa de gelados, de autoria da artista Kruella d’Enfer. Inspirada pelos valores da marca, a artista e ilustradora apresentou um universo visual encantado, muito característico do seu trabalho, onde se destaca uma seleção de cores contrastantes que servem de pano de fundo para os clássicos de verão destes conhecidos gelados.

Já o artista The Caver explorou a vertente urbana num American school bus, apresentando uma harmoniosa composição de cores e formas lineares, inspiradas no ambiente jovem e urbano do The Hood. O artista, natural de Lisboa, iniciou-se no graffiti ainda nos anos 90, tendo uma larga experiência em projetos nesta área. Este autocarro irá acolher o Medusa Shisha Lounge, o segundo da marca depois de Valência (Espanha).

Samina é o artista presente no primeiro Military bus do The Hood. Com uma longa experiência em arte urbana, Samina tem explorado ao longo do seu percurso diferentes técnicas, elegendo o stencil como ferramenta preferencial.

Autor de uma linguagem própria, onde incorpora outros elementos das suas raízes artísticas, como a arquitetura e o design gráfico, procurou neste projeto acompanhar a mesma linha criativa que tem vindo a trabalhar, desenvolvendo uma intervenção com formas geométricas e retratos, numa estrutura robusta e singular.

O trabalho mais recente no The Hood é de autoria de Oker. Reconhecido pela versatilidade das suas abordagens estéticas, o artista desenvolveu para este suporte, um projeto com linhas orgânicas e personagens animadas.

Para a execução deste trabalho foi selecionado um Bristol bus, o famoso autocarro britânico de dois andares, que permitiu puxar pelas formas e texturas, resultando uma composição clean e divertida.

Além desta novidade, o The Hood irá ter também novas marcas em formato pop-up que irão ser alocadas em contentores, stands, corners, mercados, e até mesmo nestas novas estruturas móveis, em zonas premium do bairro artístico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.