O criador da re.SK8, Francisco Varela, como fã e praticante de skate, começou a perceber que todos os dias, um skate chegava ao fim da sua vida útil e se tornava mais um resíduo no planeta. Um lixo de luxo, já que as tábuas de skate são feitas numa madeira muito especial, (Canadian Maple) com várias cores e padrões, e ao reutilizar a madeira de vários skates é obtido um bloco de madeira com um padrão irrepetível.

As peças são desenhadas e feitas à mão pelo criador da marca, um arquiteto apaixonado pela madeira e por tudo o que dela se pode fazer. Começou por fazer capas de smartphones personalizadas sob a insígnia GCode e cinco anos depois, em 2020, criou a re.SK8. No portefólio desta marca bem portuguesa, constam bancos, mesas de vários tamanhos, relógios, carregadores de telemóvel, entre outros objetos indispensáveis.

Se procura uma peça personalizada, a re.SK8 desenvolve o seu projeto consigo, podendo escolher entre três designs diferentes: zero waste furniture, full skate furniture, half skate furniture; e escolher o tipo de acabamento: verniz ou óleo.

A re.SK8 é 100% portuguesa e 100% sustentável, com peças inigualáveis feitas à mão e que são parte de uma economia circular. A matéria prima utilizada vem de desperdícios e de skates velhos e partidos que são recolhidos nas lojas de skate parceiras.

Na re.SK8 há uma nova vida para as tábuas de skate
créditos: Portugal Faz Bem

Dica Portugal Faz Bem

Pensar numa nova casa ou numa decoração é muito mais exigente do que muitas vezes parece. A decoração confere um aspeto novo e elegante ao ambiente, a boa organização traz a ordem e a eficiência à rotina do dia a dia. Mobilar uma casa implica traduzir as ideias que nos entusiasmam em novos espaços que nos satisfazem que quanto mais personalizadas, ecléticas e plenas de carácter e do nosso estilo de vida e gosto mais nos amor e alegria nos entregam.

A maioria das pessoas desejam obviamente fazê-lo com materiais que resistem ao desgaste, confortáveis, práticos e agradáveis à vista.A estas características hoje junta-se a vontade de optar por escolhas seguras e credíveis relativamente à preservação do ambiente, e que produzam o menor desperdício possível, ou desperdício zero.

Há sempre lugar para a originalidade e a reinterpretação.

Fazer uma mesa a partir de cavaletes de construção, juntar cadeiras antigas a uma mesa moderna, combinar um velho sofá de braços com cadeiras metálicas desdobráveis ou optar por peças de mobiliário construídas, do que supostamente seria lixo. O ideal será dentro do seu gosto escolher de forma complementar por forma a não haver demasiado ritmo e cansaço visual e ter sempre muito bem controlada o principal - a funcionalidade.

Fique a conhecer mais empresas portuguesas aqui.

www.portugalfazbem.pt

https://www.facebook.com/portugalfazbempt

https://www.instagram.com/portugalfazbem

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.