As origens desta prática remontam à época dos romanos. A enxertia é uma técnica de multiplicação vegetativa que consiste em unir partes de plantas distintas para formar uma nova. Recorre-se a uma variedade botânica que fornece as raízes e que se designa habitualmente por porta-enxerto ou, nalgumas regiões, por cavalo e outro especimen verde que irá formar a planta aérea, que se apelida tradicionalmente de garfo ou enxerto. Uma prática muito antiga, muito fácil de reproduzir, como pode comprovar de seguida.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.