As árvores e os arbustos esculturais, como a cameleira, a pata-de-elefante, a magnólia, o pandano, o cato-candelabro e a kaizuca, assim como o cipreste, o buxo e a Ficus benjamina, conhecida popularmente em muitas regiões como figueira-benjamim, são perfeitos para espaços pequenos, incluindo varandas, terraços e até jardins. "Se as formos podando, conseguimos mantê-los sempre no mesmo tamanho", assegura Teresa Chambel, arquiteta paisagista e diretora da Jardins.

No vídeo que se segue, a fundadora do blogue Um Jardim Para Cuidar, formadora e autora de vários livros especializados como "Um jardim dentro de casa", publicado pela editora A Esfera dos Livros, explica os procedimentos mais adequados para garantir o bom desenvolvimento destas variedades botânicas e sugere outras, como é o caso dos citrinos ornamentais e das oliveiras, árvores de crescimento controlado que tornam qualquer casa mais verde e que continuam em voga.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.