As vantagens dos tapetes são mais que suficientes para optar por este tipo de relvado. Feito num só dia, superfície uniforme e livre de infestantes, limites bem definidos e aplicação em qualquer altura do ano. A primeira regra a observar é que o tapete de relva deve ser certificado, pois assim as garantias de qualidade e sucesso do relvado são bastante elevadas. Torna-se essencial assegurar que a composição do tapete escolhido é adequado ao fim a que se destina, bem como ao clima do jardim/espaço desportivo em questão, sem nunca esquecermos de verificar se o tapete resiste às limitações do caso em estudo, por exemplo sombra, muito pisoteio, calor, pouca disponibilidade de água, zonas de alagamento, entre outras.

A opção por um tapete certificado garante:

- Isenção de resíduos químicos de pesticidas que podem afetar as pessoas e animais

- Padrão de qualidade durante todo o ano

- Coloração uniforme e superfície regular

- Escolha de espécies e variedades que melhor se adaptam ao nosso clima

- Seleção de espécies não invasoras

- Uso de variedades que requerem menos água

- Tolerância à maioria das doenças e isento de infestantes

- Tapete consistente, com plantas adultas

- Plantas estimuladas para emissão rápida de raízes

- Sistema de produção sustentável e amigo do ambiente

Veja na página seguinte: Como fazer a preparação antes de aplicar o tapete

Preparação antes de aplicar o tapete

Estes são os passos que deve seguir:

- O terreno tem de estar pronto para receber o tapete. Neste sentido, é essencial conhecer o pH, ter um solo de topo rico em nutrientes, não ter lixo e estar nivelado.

- O sistema de rega tem que esta instalado na totalidade e o solo húmido para colocar os tapetes.

- Pense previamente num espaço para colocar as paletes de relva quando estas chegam à obra.

- É indispensável assegurar mão de obra suficiente para aplicar os tapetes de relva no próprio dia.

- A colocação dos tapetes deve ser desfasada,a exemplo do que sucede numa parede de tijolos.

- Depois da aplicação da placa, deve rolar (passar com o rolo), para garantir contacto entre as raízes e o solo.

- Regue logo a seguir à aplicação dos tapetes. Tem que se regar duas a três vezes por dia, de modo a garantir que o solo esteja húmido, depois da aplicação, até os tapetes estarem enraizados. Regule depois os horários e tempo de rega.

- O primeiro corte só pode ser dado depois da relva estar enraizada, sem nunca tirar mais do que 1/3 da altura da folha.

- Nos primeiros cortes não corte muito baixo, depois ir baixando a altura das lâminas de corte.

- Os relvados dos jardins devem estar entre 3,5 a 5 centímetros de altura.

Texto: Filipa Mateus de Almeida (engenheira e membro da Comissão de Nutrição e Fitossanidade da Associação Portuguesa de Espaços Verdes - APEV)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.