Em contraciclo com as plantas que se encontram em letargia, que não têm sede, não pedem adubo e requerem apenas cortes mínimos, as que estão em flor reclamam atenções especiais, como é o caso de crocus (na imagem), jacintos, alecrim, ciclamens, urze, clivias, gazânias, prímulas e Aloe arborescens. Ao contrário de grande parte das outras, necessitam localização com luz, preferencialmente junto de uma janela.

Mas sem receber luz solar direta nem serem perturbadas por correntes de ar e agradecem nutrientes extra. A melhor forma de dos administrar é em forma de barrinhas fertilizantes para plantas de flor. Quando perderem as flores, pode as vivazes, como o crisântemo. Desta forma, elas voltarão a florescer no verão.

Estes são alguns dos cuidados que não pode mesmo descurar nesta altura. «Se soubermos escolher as plantas certas, temos um inverno bem florido», assegura Teresa Chambel, diretora da revista Jardins, no seu blogue Um jardim para cuidar. «O meu terraço é um pequeno exemplo disso», assegura a arquiteta paisagista, convidada regularmente para falar de jardinagem em programas de televisão.

Atenções especiais com as flores no inverno

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.