Neste ciclo lunar temos um fluxo iniciático onde a estrutura interna requer uma transformação de valores, quase como um resert do que até aqui nos impelia a reprimir para obedecer a estilos reactivos de defesa, de segurança, verdades que nos impeliam a responder aos eventos de determinada forma, com estratégias subtis de fuga ao que o grito interno pede neste momento.

A verdadeira liberdade de saber estar perante tudo com uma porta aberta no nosso coração e responder ao que ele nos sussurra, o que nos pede no momento.

É sem dúvida um momento onde todo o nosso Ser está a abrir-se para a vida despojado de todos os velhos programas de defesa. O ser humano está num tempo onde não consegue já não o fazer, embora ao nível do velho eco do ego ainda permaneça a vontade de tentar manter esquemas confusos e ilusórios de qual a verdade a seguir.

O impulso de nos abrirmos para a vida com a certeza de que algo irá sempre nos devolver o reencontro com uma nova verdade a impelir a uma nova acção, mesmo que ela tente ser reprimida por valores desgastados e que não oferecem nada de novo... A vontade interna já não consegue não seguir a abertura de uma nova forma de estar face à vida, aos eventos, a novas maneiras de nos relacionarmos, mas existe ainda um desgaste de tentar seguir ordens inconscientes para bloquear essa nova atitude. Tempo de encontrar no silêncio interno o contacto íntimo onde estamos a fugir de sermos verdadeiros connosco. Só perante esta consciente postura interna, esta abertura total, poderemos começar a agir com mais liberdade, sem bloqueios reactivos, sem receio de ser diferente agora.

A liberdade de ser autêntico embora exista a vontade de provar algo a Nós, se será seguro ousar ser diferente.

O desgaste só existe se resistirmos a querer provar algo, a tentar ser ainda um programa formatado em valores que nos ensinaram e que se tornaram seguros, âncoras de velhos porões, onde para ser diferente tínhamos que ser expostos a rejeições exteriores.

Tempo de silenciar essa voz que nos prende e libertar a nossa verdadeira essência.
Sempre que agirmos diferente, algo novo irá surgir. Surpresas irão ser o ponto de oportunidade a voltar a acreditar... Incrível como o ego irá ser exposto para poder voltar a ser autêntico, genuíno.

Um profundo abraço nesta nova viagem de autenticidade genuína do nosso SER...

Ruth Fairfield

Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida

 

Sobre a autora:

Ruth Fairfield é meu nome e considero-me uma cientista cósmica, pois os astros sempre me encantaram desde muito nova, dedico a minha vida a criar dinâmicas de consciência da influência evolutiva do mundo da energia cósmica e como podemos acompanhar toda a transformação interna , gerir o livre arbítrio, com o mapa da estrada da vida, a matriz astrológica, a impressão digital da nossa alma...

Fiz a formação de astrologia no Quiron, escola de astrologia gerida por Maria Flávia de Monsaraz, várias formações com Alan Oken, José Luis de Nascimento e outros...

Criei uma forma de mesclar todo o conhecimento de astrologia Esotérica, psicológica, kármica e médica e criar uma leitura do movimento da energia num sentido pratico e dinâmico de forma a ajudar as pessoas a conhecerem-se, criarem autonomia e gerirem a sua mudança... a criarem vitalidade, vontade e entrega na sua vida quotidiana…

 

Incondicionalmente rendida ao Universo e às Leis da Vida....

Ruth Fairfield

 

Contactos:

Ruth Fairfield

966425493/914632063

http://sunshineruth.wix.com/astrologia

www.eterhum.com

Sunshineruth@gmail.com

https://www.facebook.com/ruth.fairfield

 

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.