No Hemisfério Norte começa o outono e, enquanto a natureza se despe do que está a mais, preparamo-nos para um período de avaliação, recolhimento e preparação para o rigor do inverno, que é necessário para que a primavera possa trazer novos resultados e renovar as nossas vidas.

O Equinócio de outono corresponde ao dia que tem tantas horas de luz solar como de noite. Representa, por isso, o perfeito equilíbrio entre a luz e a sombra, a energia ativa e a energia recetiva. Com ele o Sol entra na constelação de Balança, trazendo um maior sentido de justiça e a premente necessidade de harmonia.

Esta altura marca, também, o fim da primeira metade do ano astrológico, que começa com o Equinócio da primavera, em março. Pelo calendário gregoriano, que seguimos, faltam três meses até o ano terminar. O que deseja alcançar até chegar ao fim do ano? Como vai utilizar os três meses que ainda restam? Algumas pessoas sentem vontade de arregaçar as mangas e deitar mãos à obra, outras pretendem descontrair e concentrar-se no seu bem-estar. Seja qual for o ponto em que se encontra, tome consciência da sua posição presente, sinta-se plenamente na sua pele, para poder abraçar aquilo que este ano ainda tem reservado para si.

O Equinócio de outono marca ainda a mudança de estações, na qual passamos do tempo quente, do esplendor e da expansão, para o tempo mais frio, propício à reflexão e ao recolhimento. O verão tem uma energia por definição ativa, de expressão, enquanto que o outono e o inverno têm uma energia recetiva e passiva, que nos convida a refletir, a receber, a preparar antes de termos algo concreto para mostrar ao mundo e partilhar com os outros.

A natureza prepara-se para uma espécie de fim, encerrando ciclos, libertando-se e despojando-se do que já amadureceu até ao seu ponto máximo. Podemos sentir necessidade de adiar a resolução de certos assuntos ou de tomar decisões que impliquem o desapego, ou simplesmente a vontade de deixar que a vida siga o seu fluxo, sem procurarmos interferir nele. Este período favorece a reflexão, o tempo passado a sós connosco próprios, que nos permite compreender de que forma podemos alimentar melhor as nossas necessidades para que possamos ter o apoio de que precisamos. É, também, um período criativo, que nos convida a dar forma aos nossos sonhos, delineando aquilo que desejamos alcançar e manifestando os nossos desejos, dando-lhes solidez e definição.

A ideia-chave que assiste ao Equinócio é a consciência de que o equilíbrio existe dentro e fora de nós. A natureza equilibra-se a si própria e mostra-nos que também nós precisamos de cultivar constantemente essa harmonia no nosso dia a dia, nos nossos afazeres e no nosso interior.

Aproveite a energia desta data para fazer os seus pedidos ao universo. Ao meio-dia, a hora que marca o meio deste dia que marca o meio do ano astrológico, encha um copo com água mineral, segure-o à sua frente e concentre-se naquilo que deseja transformar em si para poder ter uma vida com mais significado, que o faça sentir-se mais realizado e mais pleno. Enquanto bebe essa água, sinta-a revitalizar cada célula do seu corpo. Dedique a sua total atenção àquilo que está a fazer, e compreenda como esse estado de presença é fundamental para poder sentir segurança e solidez em relação a quem é e, a partir daí, poder lançar-se à conquista do que deseja.

Lembre-se que mesmo que haja situações que terminam, ciclos que se encerram, lugares e pessoas que deixam de fazer parte da sua vida, essa dinâmica é necessária para que o fluxo da vida não pare. Novas oportunidades virão, novas sementes ganharão vida dentro de si. Está sempre em si o poder de ajustar o ritmo do tempo à sua vontade e à sua personalidade, aos anseios da sua alma que são diferentes dos de todas as outras pessoas. Da mesma forma como a Natureza se reconstrói em ciclos, também você tem a capacidade - e a necessidade - de se regenerar, de se recompor, de reabilitar partes adormecidas de si, ainda que isso o possa obrigar a mudar a forma como se vê a si próprio e como vê os outros.

Aproveite o Equinócio de outono para restabelecer o equilíbrio do seu corpo, da sua mente e do seu espírito. Invista em atividades que contribuam para que se sinta bem consigo próprio, dedique mais tempo aos seus afetos e, sobretudo, ao amor-próprio.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.