Diria que me é quase impossível não falar da Lua diariamente.

Não só porque é Ela quem me rege (no meu mapa astrológico) como está quase sempre visível e lá em cima todas as noites... basta levantar os olhos e apreciar.

Uma das mais antigas e vendidas publicações, o jornal Borda de Água, refere entre outras coisas a influência da Lua e dos seus ciclos nas nossas acções diárias, então porque não estarmos atentos a cada uma das suas fases de forma a obter algumas orientações?

Independentemente do signo em que esteja e das relações que estabeleça com os planetas, aquilo que formular, sonhar ou pedir na lua cheia manifesta-se duas semanas depois durante a lua nova, favorecendo a libertação mas também o perdão e o apaziguamento do que necessita. Mas claro, há trabalho a fazer. Investimento. Ninguém recebe comida sem antes a ter encomendado.

Ganhar consciência que todos podemos ser criadores desta magia que é a vida e o que de bom merecemos através de cada ciclo quase como um caminho guiado para uma percepção maior e menos limitada é uma das mensagens da grande Mãe Lua.

Alexandra Ramos Duarte

Astrologia sem tabus

Consultas de Astrologia on-line

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.