Segundo estudo da L'Oreal sobre os cuidados com a beleza masculina, apurou-se que cada vez mais os portugueses olham-se ao espelho.

Ano após ano, os valores do mercado de cosmética masculina assim o demonstram e em 2009 este mercado atingiu um valor global de vendas na ordem dos 36,3 milhões de euros, mais 0,7% do que em 2008.

Esta tendência é claramente influenciada pelas camadas mais jovens, que demonstram uma preocupação com o look muito mais efectiva do que os seus pais e avôs.

Por exemplo, 63% dos portugueses afirma utilizar produtos para lavar e limpar o rosto, mas apenas 6% utiliza produtos específicos para esse efeito, sendo os mais jovens que mais se preocupam em aplicar produtos específicos de limpeza de rosto (15%).

O cabelo continua a ser uma preocupação permanente do sexo masculino. Assim, para além dos 96% que usam champô, 17% dos homens afirma usar amaciador e 5% um tratamento capilar especial.

O sabonete já teve tempos melhores e neste momento é usado somente por 14% dos entrevistados que preferem produtos pós-barbear (74%).

Já o mesmo não se pode dizer do gel que lidera nas camadas mais jovens com 50% de aderentes e à medida que a idade vai avançando cresce o uso de produtos ant-aging.

Na generalidade, 21% revela-se preocupado com as olheiras. Ainda assim, são mais os que reconhecem ter rugas, 51%, e olheiras, 32% (39% nos indivíduos com mais de sessenta anos).

Um corpo hidratado começa agora a ser uma preocupação. São já 13% os homens que utilizam algum produto de corpo (10% hidratante), sendo que a penetração de body care é de 19% nos jovens entre os 20 e os 29 anos e de 7% nos portugueses com mais de 60 anos.

Actualmente, esta tendência tem mais expressão no que diz respeito às mãos, com 30% dos homens a afirmar que usa creme de mãos, sem diferenças significativas entre idades..

No que respeita à escolha do perfume, 69% dos homens afirma que são eles próprios a escolher a fragrância, sobretudo nos jovens entre os 15 e os 29 anos (72%), mas também naqueles com mais de 50 anos (61%).

Contudo, ainda há resistência nalguns pontos. Apesar dos cabelos brancos começarem a aparecer a partir dos 40 anos e de 91% dos homens a partir dos 60 os ter, apenas 1% faz coloração.

6 de Julho de 2010

Veja ainda:

Casamentos reais: ainda há contos de fadas...

Divisórias de ambiente

Casas de banho de luxo

Acabe com os mitos das dietas

Uma pen que vai fazê-la brilhar

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.