A pesquisa realizou-se em três grupos distintos que durante três meses seguiram dietas diferentes: o primeiro seguiu uma dieta normal; o segundo teve um regime semelhante, mas com mais gorduras (encontrados no azeite de oliva e nos peixes, por exemplo); e o terceiro adoptou a dieta com 30% menos calorias.

Seguiram-se testes de memória. Os dois primeiros grupos obtiveram os mesmos resultados e o terceiro teve "notas" consideravelmente melhores.

"As descobertas podem ajudar a desenvolver novas estratégias de prevenção e tratamento para manter a saúde cognitiva até a velhice", disseram os autores da pesquisa num artigo publicado na revista "Proceedings of the National Academy of Sciences".

Refira-se ainda que pesquisas recentes com animais sugerem que as dietas podem ajudar a prevenir doenças relacionadas com o envelhecimento, mas toda a dieta deve ser acompanhada por um médico.

31 de Agosto de 2009

Veja ainda:

Pipoca pode evitar cancro

Estudo revela estado de hidratação de portugueses

Mini-abdominoplastia

Moda que faz bem à saúde

Skinny jeans fazem mal à saúde

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.