Pesquisa realizada pelo jornal The Sunday Telegraph, na Grã-Bretanha, indica que os divorciados tendem a ter mais relações sexuais do que os casados ou solteiros.

Dos 1,8 mil participantes no inquérito sobre hábitos sexuais, apurou-se que
mais de 10% dos divorciados fazem sexo mais de 21 vezes por mês, quase o dobro dos britânicos casados.

O stresse no trabalho e no ambiente familiar é apontado como uma condicionante, pois até alguns aposentados têm duas vezes mais relações sexuais do que pessoas mais jovens que trabalham.

A maioria dos britânicos - 34% - disse na pesquisa online que a melhor fase de sua vida sexual foi entre os 25 e 34 anos, enquanto 23% disseram que foi entre 18 e 24 anos.

Por último, a confiança foi considerada o aspecto mais importante de um relacionamento - mais do que companheirismo ou a estabilidade financeira. Sexo ficou em quinto lugar.

24 de Março de 2010

Veja ainda:

Portugal Fashion

Semana da Moda de Milão

Semana da Moda de Londres

Semana da Moda de Nova Iorque

Diz-me quem és, dir-te-ei o teu penteado

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.