"Sinto-me satisfeita por poder continuar a dançar durante a gravidez e saber que o meu bebé participa na minha rotina", disse Mary em entrevista à revista "Elle".

A bailarina tem a aprovação total do seu médico e assegurou, inclusivamente, que as rotinas melhoraram o processo de gestação. Confessa que até se sente inspirada a criar uma sessão de exercícios pré-natais com base em movimentos de ballet.

"Estou com menos dores nas costas, menos inchaço e mantenho o meu corpo forte e em movimento. Sinto-me ótima e planeio dançar e trabalhar até ao último dia", disse Mary.

"O meu objetivo é aceitar a barriga e todas as mudanças que meu corpo está a passar. Em vez de lutar contra as mudanças, estou a celebrar! Adoraria ver outras mulheres a fazer o mesmo".

Para não se magoar, a bailarina evita usar sapatilhas de ponta e fazer saltos, e opta pelos movimentos mais delicados.

Depois de mais de dez anos no New York City Ballet, Mary hoje é dona do instituto "Ballet Beautiful" e treinadora das Angels da Victoria's Secret. Também treinou Natalie Portman para o filme "Cisne Negro".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.